Logotipo Comunidade de Aprendizagem Logotipo Instituto Natura

¿Sabe lo que es una Comunidad de Aprendizaje?

Vea el vídeo y descúbralo Ya lo conozco y quiero seguir

¿Sabe lo que es una Comunidad de Aprendizaje?

Ya lo conozco y quiero seguir Quiero participar
Ir para o conteúdo principal

Noticias

16/05/2018

Eventos 2018

Empieza la cuarta edición del diplomado de formadores de CdeA con encuentros en Brasil y Argentina

Começou nesta segunda-feira, dia 14, a Certificação de Formação de Formadores em Comunidade de Aprendizagem de 2018. Este ano, o encontro dos países de língua espanhola é sediado na Universidade San Andrés, em Buenos Aires (Argentina), e reúne 50 participantes da Argentina, Chile, Colômbia, Peru e México, sendo dez de cada país. No Brasil, a formação acontece na sede da Natura, em São Paulo, e recebe 47 participantes de diferentes estados.

Empieza la cuarta edición del diplomado de formadores de CdeA con encuentros en Brasil y Argentina

A certificação é organizada pelo Instituto Natura em parceria com o CREA – Centro Especial de Pesquisa em Teorias e Práticas Superadoras da Desigualdade da Universidade de Barcelona – e o NIASE – Núcleo de Pesquisa e Ação Social e Educativa da Universidade Federal de São Carlos – e, na Argentina, conta com apoio da CIPPEC, parceira local do projeto, e da Universidade de San Andrés.

Abertura da Certificação de Formadores da LATAM na Universidade de San Andrés

Mais uma vez este ano, a formação recebe um público diverso que inclui professores, diretores de escola, coordenadores pedagógicos, supervisores de ensino, pesquisadores e professores universitários, técnicos de secretarias, secretários municipais e formadores de organizações sociais parceiras.

O encontro entre educadores de diferentes perfis profissionais e origens culturais envolvidos na tarefa comum de promover o diálogo igualitário e reinventar os ambientes de aprendizagem favorece o fortalecimento da rede latino-americana de Comunidade de Aprendizagem.

Participantes realizam de Tertúlia Dialógica no jardim da Universidade de San Andrés

Educadores participam de Tertúlia Pedagógica Dialógica, na sede da Natura em São Paulo

“Esta rede é muito rica porque a gente tem muitas especificidades, mas ao mesmo tempo compartilhamos diversos desafios comuns. Pensar em soluções e estratégias para enfrentar estes desafios dialogando com outros companheiros e companheiras é enriquecedor”, comenta Jonas Waks, coordenador do projeto Comunidade de Aprendizagem do Instituto Natura.

Durante a formação, os participantes poderão aprofundar seus conhecimentos nos princípios de Aprendizagem Dialógica e Atuações Educativas de Êxito e refletir sobre o papel do formador na disseminação da proposta de Comunidade de Aprendizagem na América Latina.

Ao final da certificação, as pessoas certificadas estarão habilitadas a conduzir formações sobre Comunidade de Aprendizagem, sendo a principal delas a Sensibilização, que é a formação realizada nas escolas, na primeira etapa do processo de Transformação.

Apresentação de Rocío García Carrión (CREA – Universidade de Barcelona), durante formação em São Paulo

Atualmente, são 113 formadores certificados no Brasil e 150 nos demais países da América Latina. “O papel principal do formador certificado é ser um disseminador da proposta de CA na sua região, atuando no âmbito do seu escopo profissional”, explica Jonas. É a/o formadora/or quem forma, mobiliza e acompanha unidades escolares, organizações e governos nas etapas de transformação de escolas em Comunidade de Aprendizagem e na implementação das Atuações Educativas de Êxito.

Neste primeiro módulo, a certificação conta com a participação das pesquisadoras Adriana Marigo (NIASE – UFSCar), na Argentina, Roseli Mello (NIASE – UFSCar), no Brasil, e Rocío García Carrión (CREA – Universidade de Barcelona), que participa dos encontros no Brasil e na LATAM.

Formadores visitam a escola Domingos Faustino Sarmiento, no município de Pilar (Argentina)

Além de aprofundar-se nas bases teóricas, a certificação permite aos participantes conhecer de perto experiências de Comunidade de Aprendizagem e compartilhar práticas. Esta semana, formadores acompanham o dia a dia da escola Domingos Faustino Sarmiento, localizada no município de Pilar, na grande Buenos Aires, que passou recentemente pelo processo de Transformação. No Brasil, as visitas às escolas estão previstas para o segundo módulo da formação.

O intercâmbio de saberes é promovido também a partir de leituras compartilhadas do trabalho final. “São três entregas, na primeira delas é feita uma leitura por participantes de perfis semelhantes: quem vem de Universidade lê outros trabalhos de pessoas da Universidade, membros do governo leem trabalhos de membros de governo e assim por diante. A segunda leitura compartilhada é feita entre participantes do mesmo país, ou região. E, por último, o Instituto Natura faz uma leitura final e uma avaliação dos trabalhos”, explica Jonas.

Participantes da Certificação de Formadores no Brasil

São 180 horas de formação organizadas em 96 horas presenciais, divididas em três módulos, e 84 horas à distância (44 horas de atividades práticas e 40 horas para produção do trabalho final). O primeiro módulo acontece entre os dias 14 e 18 de maio simultaneamente no Brasil e na Argentina, e o segundo módulo acontece de 30 de julho a 3 de agosto em Buenos Aires, e de 13 a 18 de agosto em São Paulo. O terceiro módulo é destinado ao acompanhamento das práticas e trabalhos finais e terá seu cronograma organizado por cada um dos países. O curso tem certificação da Universidade Federal de São Carlos e da Universidade de San Andrés.

 

Por Bárbara Batista

A finales de mayo, cursos a distancia! Acompañe!